sexta-feira, 18 de março de 2016

#BC - Profundo e Intenso por Robin York @editoraarqueiro

Olá Leitores,

Hoje sairá em diversos blogues a Blogagem Coletiva, das obras de Profundo e Intenso da autora Robin York, publicado aqui no Brasil, pela Editora Arqueiro.


Essa duologia, vem com um tema que está em nossa atualidade, a vingança pornô (revenge porn), que é o ato de espalhar fotos comprometedoras de uma pessoa, sem o seu consentimento, somente para denegrir e causar constrangimento a vítima.

Essas fotos chegam a mídia de diversas formas, com invasões em computadores pessoais, através de alguém a quem é depositado tamanha confiança, mas ao simples rompimento de um relacionamento, a pessoa se transforma e se vinga, denegrindo quem um dia disse amar. O que dizer de homens traídos que muitas vezes se vingam dessa maneira, com um ato covarde e triste, que destrói a vida de uma pessoa, pelo simples motivo de se vingar de algo de cabeça quente.


E o incrível é que isso afeta a mulher em uma larga escala, quando que com o sexo oposto, seria visto como virilidade. Os anos passam, os séculos se consomem, mas a mulher continua sendo vista com outros olhos. Então por mais que o tempo passe, temos que ter consciência do que deixamos, os parceiros fazerem no calor da paixão. Uma imagem pode ser espalhada tanto por quem já a amou, como por um hacker, então jamais deixem isso acontecer. 

Pode parecer exagero e você mesma que está lendo esse post, já pode ter feito algo assim, por puro capricho ou até para apimentar a relação. Mas lembre-se que se as imagens vazarem, não será o homem que sofrerá, mas sim você. Ele pode até sofrer junto com você, por te amar, mas a visão que as pessoas tem dele, não se modificará como a sua. 

Infelizmente esse mundo digital, mesmo facilitando tanto a vida de todos, pode prejudicar de uma maneira em que a reparação pode levar anos para ser restabelecida. Já ouvi casos aqui na região (sul do país), de mulheres que se suicidaram tamanha a vergonha e pressão que sofreram. Sim, filhos e família viram alvos também, mas a pior carga fica com a imagem da própria vítima.

Sabemos que existe justiça para aplacar esse tipo de crime, mas não é em todos os lugares. E mesmo ela existindo, não há como voltar atrás no que aconteceu. Pensem antes de agir por impulso, não é um simples momento de prazer, mas algo que pode tornar-se uma vingança, onde as consequências podem ser devastadoras.

Se você passou por isso? Ou conhece alguém que passou? Saiba que existe ajuda e que você pode ajudar a fortalecer essa pessoa, se ela faz parte do seu círculo de amizades. Mas jamais pense o pior, pois o que não tem solução, solucionado está. E sempre há um caminho e pessoas boas e incríveis nele. O amor e a amizade podem curar qualquer mal.

Ficou interessado nas obras, adicione no skoob PROFUNDO / INTENSO.

3 comentários :

  1. Oi, Elis!
    Algum tempo atrás, eu soube de uma menina que se matou porque o ex vazou um vídeo deles fazendo sexo.
    Geralmente as pessoas fazem isso pra apimentar a relação, mas se esquecem de conferir se a outra parte apagou mesmo. O pior de tudo que quem sofre mais são as mulheres.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  2. Vc tocou num ponto bem interessante...a mulher é sempre vista como culpada, infelizmente.
    Ótima abordagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. acho super válido a editora abrir um espaço para promover essa discussão!
    os casos de exposição pública de algo intimo tem ganhado mais força com as redes sociais e internet em larga escala, ao passo de que as leis precisam ser ajustadas e prever punição, como no caso da nossa lei brasileira, o mais bacana é que essa divulgação maciça leva o diálogo e principalmente a informação!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário!!!
Se tiver um blog, deixe seu link para que eu possa visitar!!