terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Apocalipse Z - Manel Loureiro Doval


Adicione no Skoob

Título: Apocalipse Z
Autor/a: Manel Loureiro Doval
Editora: Planeta
Páginas: 365

Bem para quem ainda não sabe eu amo zumbis, não sei porque, mas eles me chamam a atenção. E por incrível que pareça, esse é o primeiro livro que leio sobre o tema. Não sei o motivo de ser minha primeira leitura, já que amo e devia ter devorado pelo menos uns dez, mas dia 29 de novembro terminei essa leitura e diversos pensamentos passavam pela minha mente. O que aconteceria se vivêssemos momentos como o desse advogado?  Que  por incrível que pareça eu nem notei que não foi mencionado o nome dele, parecia que o conhecia de longa data. Primeiro pensamento é um surto em massa da população e muita destruição e sacanagem daquelas pessoas que mesmo em meio ao fim do mundo pensam em tirar vantagem das outras.

O livro é no estilo blog, onde ele vai contato o que acontece durante seus dias, mas notamos que com o passar da história, ele narra na hora em que tudo acontece, em alguns momentos e isso me incomodou apesar de eu ter gostado da obra em si. Afinal quando postamos num blog, ainda mais no momento em que ele está passando, temos a mania de contar no passado, narrar o que houve e não falar no presente, esse foi meu único ponto contra, que nem chega a ser negativo e sim uma opinião pessoal. 

Manel L. Doval, sabe prender o leitor em suas páginas, eu ficava torcendo pelo advogado e pelo Lúculo, seu gato, a todo momento. Eu no caso dele também cuidaria e muito do meu bichinho de estimação. - sinceramente, há pessoas como eu, que tratam esses bichinhos como pessoas mesmo, eles entendem coisas demais.

Eu fiquei aflita com todo o perigo que houve, os mortos-vivos sempre no encalço, creio que eu nem teria coragem de sair. A história me lembrou "Guerra Mundial Z", "Resident-Evil" e tantos outros filmes e séries que já vi. Sempre achamos semelhanças, mas essas história não serão sempre iguais, já que é como se cada sobrevivente contasse a sua história. Eu gostei muito do estilo do escritor e em breve já começarei o segundo volume.

O meu medo num apocalipse zumbi é de ficar sem meus remédios controlados, terei que adentrar um hospital e me munir bem deles, pois eu sou uma daquelas que quer sobreviver para o novo mundo, se algo assim ocorrer. Quando leio um livro, parece que vivo de uma maneira que chega a me dar medo. Mas isso que torna cada leitura uma nova vida, por isso que eu amo literatura e conhecer autores que me transportam para dentro das páginas.

Beijos Elis!!!

Um comentário :

  1. confesso que não é um livro que me chame muita a atenção, seu enredo para mim é alheio ao que gosto de ler e sinto que seria uma leitura mais incomoda pois não curto tanto o gênero
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário!!!
Se tiver um blog, deixe seu link para que eu possa visitar!!