sexta-feira, 23 de maio de 2014

#Tempo de Mudanças - Lisa Jewell

Oi seguidores de A Magia Real,
Trago mais uma resenha e gostaria de ouvir a opinião de vocês, obrigada!!!




Avaliação da Rudy: 4,6 / 5,0

Adicione no Skoob

Título: Tempo de Mudanças
Autor/a: Lisa Jewell
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352

Daniel Blanchard foi estudante de medicina e cometeu um erro no passado que o fez largar a faculdade e mudar de país. Foi doador de esperma para um banco de inseminação na época. Na atualidade está com um tumor no pulmão, joelhos e a espera da morte.

Maggie Smith, conheceu Daniel na clinica de fisioterapia onde trabalhava, estava com 53 anos e acabou se apaixonando por ele, embora o romance não tenha acontecido, tornaram-se muito amigos e ela fica ao lado dele até o final.

Em 1979 Gladys Pyne, era casada com Trevor, 5 anos mais novo, saradão, machão, porém não podia ter filhos, embora nunca tenha feito exame para diagnosticar sua incapacidade de gerar. Gladys decide pedir ajuda de Rodney Pyne, irmão de Trevor, embora seja o oposto dele. Rodney sempre foi apaixonado por Gladys e quando ela o procurou para que a acompanhasse ao Banco de fertilização em Londres, ele não consegue recusar e acaba guardando esse segredo por toda vida. Em 1998 Lydya Pyne, filha de Gladys (que morreu quando ela tinha apenas 4 anos), tinha 18 anos e queria ser cientista. Morava com o pai de 48 anos e prestes a morrer. Teve sorte em fazer uma descoberta científica que lhe rendia um bom dinheiro, porém tinha dificuldade em se relacionar com as pessoas e vivia praticamente sozinha. Em 2009 recebe um envelope que dizia ter sido fecundada em uma clínica de fertilização.

Robin Inglis, está com 18 anos e sempre soube ser filha da inseminação artificial e que os pais haviam utilizado essa técnica por causa das duas irmãs mais velhas que ela possuírem uma doença genética e terem morrido cedo. Ela amava a família e nunca pensou ir em busca do pai doador, mesmo assim, por causa dele, resolveu fazer medicina pediátrica. Logo no começo percebeu que o curso era cansativo e não era bem o que ela esperava. Conhece Jack Hart na loja de departamento onde trabalhava e vive o conflito de achar que Jack poderia ser seu irmão biológico.

Dean era um rapaz desorientado, casado com Sky que era mandona e estava grávida. Ele desempregado e deprimido por não se achar em condições de ser pai, acabava fumando seus cigarros de ‘maconha’. Tudo piora quando Sky morre no parto e deixa a linda Isadora Kelly para ele criar.

Maggie resolve ajudar Daniel a conhecer os possíveis filhos de sua doação antes que ele morra. Os irmãos não se conhecem e muito menos ao pai, entretanto, o encontro será uma verdadeira reunião de família e outros segredos serão revelados.

O enredo inusitado nos deixa totalmente envolvidos com a história, a curiosidade cresce a cada nova descoberta e as diversas vertentes do livro, o tornam agradável para leitura, sem jamais nos deixar entediados. A estrutura psicológica na construção das personagens nos faz entender os diversos conflitos que vivem em suas vidas e nos rumos que serão tomados. A meu ver muito importante para a formação do caráter e da personalidade de cada personagem e do entendimento de como todo o encontro se desenrola.

Um único ponto que ficou obscuro, foi o fato de Daniel ter optado pela doação de esperma. Há uma explicação durante o livro, mas não convenceu, principalmente porque ele nunca teve outros filhos além dos da doação. Achei bem interessante a forma como a escritora abordou "os problemas" da doação, de se entrar em contato com os irmãos biológicos e com o doador, o fato de uma pessoa poder ter a possibilidade de se relacionar com alguém que seja seu irmão biológico e outros problemas familiares decorrentes de uma inseminação artificial sem o conhecimento do parceiro.

Gostei demais da leitura e indico a quem gosta desse tipo de drama.

Cheirinhos Rudy!!!!

10 comentários :

  1. Oi Rudynalva,
    Li este livro sem esperar muito e me surpreendi bastante, foi bem agradável de ler. Eu entendi o motivo do Daniel ser doador, ele era novo, num país novo e sem dinheiro... não foi um motivo nobre, mas bem justificável.
    Essa capa é linda, né?

    Minha Velha estante
    Leitura Nossa de Cada Dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danielle!
      É, entendi também, mas achei que não era um motivo tão coerente, mas na mente do escritor, passam varias ideias, né?
      Agradeço seu comentário e obrigada.
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  2. menina to louca para ler esse livro! achei a proposta linda e o tema desenvolvido atual, diferente e super emocionante... tudo ao mesmo tempo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaila!
      Se gosta de dramas desse tipo, realmente é u livro muito bom.
      Obrigada por comentar.
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  3. Rudynalva, eu dava muito pouco pelo livro, mas agora fiquei empolgado para ler, preciso apenas me colocar em dia com tudo o que já tenho previsto, mas certamente quero ler ;)


    Dois abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciano!
      Obrigada por ter gostado da resenha a ponto de querer ler o livro.
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  4. Olá Rudy, a muito tempo quero ler esse livros, mas não li muito sobre o mesmo. Sua resenha me deixou muito interessado em lê-lo o quanto antes!!

    Atenciosamente,
    Nati.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nati!
      Na minha humilde opinião vale sim a pena ler.
      Se tiver oportunidade, aprecie a leitura.
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  5. Oi Rudy, bom saber que gostou, mais um motivo para eu ler.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rose!
      Gostei sim...
      Quando puder, leia.
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir

Obrigado pelo comentário!!!
Se tiver um blog, deixe seu link para que eu possa visitar!!